Páginas

quinta-feira, 26 de março de 2015

Remoendo ...

Remoendo palavras da “inocente” quanto à corrupção, entre outras, a de que se trata de uma “velha Senhora idosa” (???), o remédio para se acabar, de vez, com essa “Senhora”, não seria nenhum pacote anticorrupção, já devidamente criticado pelos doutos, ou qualquer outra medida qualquer, mas, sim, vinculá-la ao INSS e ao tratamento médico oferecido pela rede pública de saúde. Com certeza, no avançar da idade e com suas típicas doenças, morreria em poucos dias, levando consigo todas as suas crias e o único programa de governo que deu certo, já próximo de 13 anos de absoluto sucesso: O Mais Merda

domingo, 15 de março de 2015

Impeachment ?!...

Qual a vantagem de se promover o impeachment de um troço, que representa um governo de vagabundos, corruptos que, com os seus aliados, em sinfonia e sintonia criminal, destruíram o País, suas instituições, seus valores, suas empresas, sua credibilidade, seus princípios e a economia? Quem irá assumir? O vice da República, alocado no partido dos ministérios, trocar seis por meia dúzia? E se esse, também, for defenestrado do seu cargo? Novas eleições devem ser marcadas, e serão presididas por quem? Pelo cara da Câmara, pelo cara do STF? A indignação, que também corrói minha alma, já se vai para mais de décadas. O que fazer? Começar do zero já é um começo, e do Zero se impõem várias medidas, mais do que algumas que já estão em curso ...